Our journey to the stars

Ei
me dê a mão
só quero passear sem destino com você
o que acha?

Ei
olhe pra mim
de vez em quando quero ver a beleza do seu olhar
o caminho nem sempre será tão bonito

Ei
sonhe também
com aquilo que ainda é abstrato mas é positivo

Pare! Veja as pessoas desesperadas
mas não solte a minha mão, não devemos nos perder

Pare! Veja como se contradizem
em seus passos apressados sempre chegam a um lugar
mas dificilmente próximos a paz na hora de dormir

Pare! Veja a solidão dissimulada em tantas atividades
como um pião que gira
mas os seus pensamentos estão fincados no passado frio
os movimentos da vida extirparam a faculdade de sentir

Vamos! Temos muito que nos conhecer
aprendermos a percorrer caminhos separados mas paralelos
aprendermos a respeitar sem sentir dor e sobrevivermos
aprendermos a não machucar e a nos proteger

Vamos! Temos pouco tempo
a vida é tão curta quanto um momento bom
a alegria tem tanta intensidade quanto o mau humor
e as flechas podem tanto ferir quanto tirar um alimento do alto

Ei!
Vamos aprender a amar
Ei!
Vamos amar com mais intensidade



2 comentários:

  1. "A solidão dissimulada em tantas atividades".
    Taí uma realidade. O bom dessa vida inteira é atravessá-la ao lado e alguém!!
    Adorei, Bárbara!!

    Beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super concordo contigo! Muito obrigada, viu?
      Beijo! <3

      Excluir